Como ajudar meu filho(a) se levantar?

-Filhos são herança do Senhor (Salmos 127)
-Temos a responsabilidade de criar filhos, para serem genro, nora, pais e cidadãos.
-Hoje podemos ver mães que precisam ser ensinadas, estão no controle tendo que ensinar.
-Devemos ter a consciência, que muito dinheiro e bons colégios não são suficientes, é preciso ser uma mãe instruída por Deus.
Lamentações 2.19 (fome =urgência de alimento, grande apetite)
    
 -NOSSOS FILHOS DESFALECEM DE FOME QUANDO?


-Quando falamos mal do pai (Cria neles espírito de rebelião e insubmissão, não honram os pais e consequentemente não serão abençoados), das pessoas, do Pastor... (Esses filhos nuca se sentiram atritos pelas coisas de Deus).
-Quando não o escuto, não converso, não tenho paciência (vamos criando lacunas que serão preenchidas pelo mal).
-Quando não conheço seu Universo
-Quando não lhe repreendo, nem lhe dou limites (O pai repreende aquele que ama).
-Quando tento minimizar as conseqüências de seus erros (filhos de Eli 1 Sm 3.13)
-Quando não demonstro afectividade (beijo, abraço, carinho e colo)
-Quando não respeito às autoridades, as leis...
-Quando só cobro,exijo,sufoco e não há incentivo
-Quando o crio fora da realidade (só falto comer por ele), quero dar o que não posso
-Quando a minha vida não o influencia positivamente
-Quando não o entrego a Deus (Ana clama por um filho e entrega-o a Deus)
-Débora se levanta como mãe de Israel, parte para guerra e livra os filhos de Deus da
destruição (Juízes 5.7)


 -PASSOS PARA QUE A FOME CESSE
  
1º Eu preciso me levantar (erguer, pôr-se em pé)
2º Eu preciso clamar (clamar=súplica em alta voz, brado...)
3º Eu preciso derramar o meu coração (colocar para fora...)
4º Diante do Senhor


-Filhos não ouvem palavras, mas vêem atitudes.
-Precisamos levantar uma geração de filhos comprometidos com Deus.

Um comentário:

  1. A Paz do Senhor Jesus. Irmã estou tentando de várias formas ajudar meu filho. Há 3 meses não quer mais ir a igreja. Ele esta com 18 anos, é batijado e era frequentar assíduo da igreja. Então começou a frequentar uma outra igreja e o pastor ficou sabendo e chamou ele para conversar. Disse a ele q não poderia ficar aqui e lá, que deveria decidir, mas que se optasse pela outra, não iria abençoa-lo ( as 2 são igrejas evangélicas). Ele ficou revoltado e desde então não foi mais em nenhuma das duas. Amanhece nas ruas, e quando chega em casa acha a coisa mais normal do mundo, não chega embriagado, com cheiro de bebidas e nem parece q usa drogas, mas estou observando. Ele amanhece andando de skate, e o lugar lá não é bem visto. Mas ele não aceita conselhos. Oro todos os dias para q Deus o traga de volta aos pés do Senhor e volte a ser o meu filho Victor que eu conheço. Já o entreguei á Deus. Mas será que é só isso? Não sei mais oque fazer. Me ajude? Deus a bençoe.

    ResponderExcluir

Seguidores

Receba novidades no seu Email