Qual a melhor maneira de se fazer amigos?

Aprecie a diversidade do povo de Deus.

   Bons amigos são como sapatos velhos confortáveis. Eles se amoldam à forma de seus pés. São como você. Assim, é tentador procurar uma boa amiga que seja parecida com você: alguém com a mesma idade; não seja muito mais pobre nem muito mais rica; more perto e tenha interesses comuns. Melhor ainda se os filhos tiverem a mesma idade dos seus.Ela terá prazer em fazer as mesmas coisas que você. E, é claro, deve falar a mesma língua!
    Mas uma visão do céu poderá ajudar a repensar seus requisitos para uma amizade.
(Apocalipse7.9-12) Depois destas coisas olhei, e eis aqui uma multidão, a qual ninguém podia contar, de todas as nações, e tribos, e povos, e línguas, que estavam diante do trono, e perante o Cordeiro, trajando vestes brancas e com palmas nas suas mãos; E clamavam com grande voz, dizendo: Salvação ao nosso Deus, que está assentado no trono, e ao Cordeiro. E todos os anjos estavam ao redor do trono, e dos anciãos, e dos quatro animais; e prostraram-se diante do trono sobre seus rostos, e adoraram a Deus, Dizendo: Amém. Louvor, e glória, e sabedoria, e ação de graças, e honra, e poder, e força ao nosso Deus, para todo o sempre.
   Jesus permitiu que João tivesse um vislumbre do céu. E o que ele presenciou ali foi estarrecedor. Em primeiro lugar, viu pessoas de todas as tribos de Israel. Depois disso, percebeu uma multidão ainda maior, “uma multidão, a qual ninguém podia contar, de todas as nações, e tribos, e povos, e línguas” (V= 7.9).
 Todos usavam vestes brancas. Seus pecados tinham sido lavados e todos faziam a mesma coisa - louvavam a Deus. Mesmo os anjos e os anciãos se ajoelhavam e se uniam em louvor.
  Se você vai fazer parte de um corpo tão diversificado no céu, poderia começar a fazer parte dele agora mesmo. A rica diversidade do povo de Deus enriquecerá a sua vida e a preparará para a eternidade.

Leia mais...

O que Deus espera de mim?

Que você seja verdadeiramente consagrada, e não religiosa apenas no exterior.

  Com que me apresentarei ao SENHOR, e me inclinarei diante do Deus altíssimo? Apresentar-me-ei diante dele com holocaustos, com bezerros de um ano?
  Agradar-se-á o SENHOR de milhares de carneiros, ou de dez mil ribeiros de azeite? Darei o meu primogênito pela minha transgressão, o fruto do meu ventre pelo pecado da minha alma?
  Ele te declarou, ó homem, o que é bom; e que é o que o SENHOR pede de ti, senão que pratiques a justiça, e ames a benignidade, e andes humildemente com o teu Deus? (Miquéias 6.6-8)
  Se um pouco já era bom, mais deve ser ainda melhor, conclui o profeta Miquéias ironicamente. Se Deus quer sacrifícios, vamos dar a Ele muitos e maiores. Muitos novilhos. Milhares de ovelhas. Rios de azeite. Eles podiam dar até os primogênitos para mostrar que realmente amavam a Deus!
   Mas, como Miquéias sabia, nada nessa aparente demonstração refletia o interior do coração. Qualquer um pode ir à igreja, dar grande parte do seu salário a Deus e mesmo assim não “estar nem aí” para Deus.
   As pessoas podem ficar impressionadas com demonstrações tão dramáticas, mas Deus não fica. As três atitudes que demonstram verdadeira devoção a Deus são a justiça, a misericórdia e a humilde obediência. Não é fácil praticá-las, mas elas podem mudar o curso da história.
   O que aconteceria se todos decidissem ser justos e honestos? O que aconteceria nos casamentos e nas famílias se as pessoas misericordiosamente se perdoassem, em vez de sempre esperar por perfeição o tempo todo? Quem duvidaria da existência de Deus se os crentes fizessem, com mansidão, O que é certo no nome do Senhor? Por outro lado, que mal causam os crentes quando enganam, tem ressentimento e insistem em tentar demonstrar ostensivamente sua religiosidade?
   Deus espera que você faça três coisas: cuide para que a justiça seja feita; permita que misericórdia seja sua maior preocupação e obedeça humildemente ao seu Deus.



Leia mais...

Os dez mandamentos da mulher de Deus

1- Ela teme ao Senhor, “… mas a mulher que teme ao Senhor, essa será louvada.” (Provérbios 31.30)


2- Ela é sabia; “O que guarda a boca conserva a sua alma, mas o que muito abre os lábios a si mesmo se arruína.” (Provérbios 13.3)

3- Ela é discreta. “Como jóia de ouro em focinho de porco, assim é a mulher formosa que não tem discrição.” (Provérbios 11.22)

4- Ela é virtuosa. A mulher virtuosa é aquela que procura cuidar muito mais do seu coração do que do seu corpo. “Porque nós somos para com Deus o bom perfume de Cristo; tanto nos que são salvos, como nos que se perdem.” (2 Coríntios 2.15)
5- Ela é forte. Não se abate diante das dificuldades. Pelo contrário, quando os momentos difíceis acontecem, surge com a determinação de mulher de Deus. “A força e a dignidade são os seus vestidos, e, quanto ao dia de amanhã, não tem preocupações.” (Provérbios 31.25)


6- Ela é de Fé. A mulher de Fé é aquela que vê nas dificuldades apenas novas oportunidades. Como dona-de-casa, sabe fazer do limão uma boa limonada! Estimula a Fé do seu marido com palavras de ânimo e coragem. “O coração do seu marido confia nela…” (Provérbios 31.11)


7- Ela é trabalhadora. ”É ainda noite, e já se levanta, e dá mantimento à sua casa, e a tarefa às suas servas. Atende ao bom andamento da sua casa, e não come o pão da preguiça.” (Provérbios 31.15 e 27)

8- Ela é fiel. A mulher de Deus não é fiel apenas ao seu marido, mas também à Deus. “Aconteceu depois disto que andava Jesus de cidade em cidade e de aldeia em aldeia, pregando e anunciando o evangelho do Reino de Deus, e os doze iam com ele, e também algumas mulheres que haviam sido curadas de espíritos malignos e de enfermidades: Maria, chamada Madalena, da qual saíram sete demônios; e Joana, mulher de Cuza, procurador de Herodes, Suzana e muitas outras, as quais lhe prestavam assistência com os seus bens.” (Lucas 8.1-3)

9- Ela é sensata. A mulher de Deus sabe ser cuidadosa com suas palavras. “A morte e a vida estão no poder da língua; o que bem a utiliza come do seu fruto.” (Provérbios 18.21)

10- Ela tem bons olhos. A mulher de Deus procura ver as demais pessoas como Deus as vê. “São os olhos a lâmpada do corpo. Se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo será luminoso; se, porém, os teus olhos forem maus, todo o teu corpo estará em trevas. Portanto, caso a luz que em ti há sejam trevas, que grandes trevas serão!” (Mateus 6.22,23)

Fonte: Lar com Cristo

Leia mais...

Seguidores

Receba novidades no seu Email